Porque é tão importante o hemograma para cachorro

thumbnail

Não é novidade alguma que, de uns tempos para cá, a relação do homem com seu animal de estimação ficou bem mais próxima, com o mesmo sendo tratado como mais um membro da família, tanto que o setor de produtos e serviços voltados aos animais vem crescendo muito nos últimos anos.

E, nesse sentido, os animais de estimação têm cada vez mais acesso à saúde de qualidade, o que até pouco tempo era privilégio apenas dos humanos.

E não há qualidade na saúde sem diagnósticos precisos, com laboratórios especializados, que possam realizar hemograma para cachorro, por exemplo.

Aliás, entre todos os exames, geralmente, esse é o mais solicitado pelo veterinário, e esse exame você poderá encontrar no VetnoLab , um laboratório com todos os exames necessários para a saúde dos nossos “bebês”.

Para que serve o hemograma para cachorro

O hemograma para cachorro, na verdade, serve para avaliar as células sanguíneas do cão, detectando possíveis patologias, desde anemia, infecções, endopasitas e mau funcionamento da medula óssea, e isso antes do cachorro apresentar sintomas.

Ou seja, o hemograma para cachorro é importantíssimo no diagnóstico e controle da evolução de uma série de doenças.

E não é só isso, além de todas essas funções, o hemograma para cachorro também pode ser usado como um exame de triagem, auxiliando a avaliar a gravidade e evolução de algumas doenças durante o tratamento.

Pronto, agora sabendo de sua importância, é mais um motivo para não deixar de fazer sempre que o veterinário solicitar.

Que células são analisadas no hemograma para cachorro

Após a coleta do sangue do animal, que demora alguns minutos e não causa dores, esse sangue é encaminhado para analise, onde serão estudadas diferentes células sanguíneas, a fim de detectar possíveis desordens no organismo. Essas células são:

  • Hemácias: o hemograma para cachorro conta a quantidade de hemácias, pois a diminuição ou aumento indicam estados anormais. Lembrando que hemácias são células vermelhas responsáveis pelo transporte de oxigênio do organismo.
  • Plaquetas: elas são produzidas na medula óssea, com a função de coagular o sangue, e o exame serve para contar a quantidade delas no corpo, já que o aumento e a diminuição significam anormalidade.
  • Hemoglobina: é a proteína existente no interior das hemácias, e plasma, e o exame mede sua quantidade em um determinado volume de sangue.
  • Leucócitos: o exame conta a quantidade de cada tipo de leucócitos (existindo cinco diferentes), que são células brancas que fazem parte do sistema de defesa do organismo, para encontrar anomalias.
  • Hematócrito: esse exame mede o volume percentual de hemácias (que transportam oxigênio, gás carbônico e cor vermelha do sangue) em um volume de sangue.

Quando é solicitado o hemograma para cachorro

Geralmente, o hemograma para cachorro é solicitado apenas como exame de rotina, para analisar como anda a saúde do animal. Embora não exista nenhum periodicidade específica, ele costuma ser pedido uma vez por ano, no caso de animais saudáveis.

Mas, vale considerar que há outros motivos que podem fazer com que o veterinário solicite um hemograma para cachorro, como parte dos exames  pré-cirúrgicos,  por exemplo, já que esse exame avalia se os valores estão dentro dos parâmetros fisiológicos, garantindo que a cirurgia seja segura e sem imprevistos.

O hemograma para cachorro também ajuda a analisar a aceitação do organismo do animal a um determinado remédio, se ele não reagir bem ao medicamento, ou mesmo, se ele não estiver fazendo efeito, o hemograma conseguirá detectar.

E não é só isso, o hemograma para cachorro também serve para caracterizar o quadro clínico do pet após um trauma, como uma queda, atropelamento, brigas, etc, sendo possível analisar,  por exemplo, uma hemorragia.

O hemograma para cachorro também identifica os tipos de leucócitos, podendo diagnosticar, por exemplo, alergias ou asma.

Recomendações importantes

É fundamental que durante a realização da coleta, no exame de hemograma para cachorro, o animal esteja em jejum alimentar, obedecendo o período estipulado pelo veterinário.

Para o bem de seu cachorro, é importante não oferecer ração e água, de acordo com o período estabelecido, assim como, evitar que ele faça esforço físico, passe por algum estresse, lembrando também de informar o veterinário no caso do cachorro tomar alguma medicação.

Acredite, todos esses fatores podem alterar o resultado do exame.

Já, o hemograma para cachorro, em si, não costuma ser problemático, os riscos são extremamente raros, mas, se por algum motivo, seu animal não puder realizar o exame, o veterinário irá lhe informar.

No entanto, espere um leve hematoma ou um pouco de inchaço na região onde foi realizada a coleta, mas nada que compressas de água ao longo do dia não resolvam.

Embora seja bastante raro, também é possível haver problemas de coagulação ou sangramento contínuo mas, nesses casos, os enfermeiros ajudarão no estancamento.

Quanto ao resultado do hemograma para cachorro, ele demora alguns dias para ficar pronto, quando será devidamente analisado, avaliado e interpretado pelo veterinário que decidirá se há necessidade, ou não, de realizar algum tratamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back To Top